Atividades de Extensão

Manuais referente à operacionalização de projetos e eventos no Suap. Última atualização: nov/2020.

Atividades de Extensão

Atividades de Extensão

A Extensão no IFSP

A EXTENSÃO

A Extensão está prevista na legislação brasileira desde 1931, quando foi promulgado o primeiro Estatuto das Universidades Brasileiras, mas é somente com a promulgação da Constituição Federal de 1988 que a atividade ganha destaque, já que a carta magna passa a considerar indissociável a relação entre ensino, pesquisa e extensão.

Desde a promulgação da Lei nº 11.892/08, que instituiu a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e criou os Institutos Federais, a extensão ganha visibilidade também na educação profissional e tecnológica, ao ser reconhecida como atividade fim, figurando entre as finalidades e os objetivos dessas instituições.

O Instituto Federal de São Paulo compreende, em sua Política de Extensão, os conceitos e as diretrizes de Extensão pactuados pelo Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras (FORPROEX) e pelo Fórum de Pró-reitores de Extensão ou Cargos Equivalentes das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (FORPROEXT).

A extensão universitária é o processo educativo, cultural e científico que articula o ensino e a pesquisa de forma indissociável e viabiliza a relação transformadora entre a universidade e a sociedade. A extensão é uma via de mão-dupla, com trânsito assegurado à comunidade acadêmica, que encontrará, na sociedade, a oportunidade da elaboração da práxis de um conhecimento acadêmico. No retorno à universidade, docentes e discentes trarão um aprendizado que, submetido à reflexão teórica, será acrescido àquele conhecimento. Este fluxo, que estabelece a troca de saberes sistematizados/acadêmico e popular, terá como consequência: a produção de conhecimento resultante do confronto com a realidade brasileira e regional; e a democratização do conhecimento acadêmico e a participação efetiva da comunidade na atuação da universidade. Além de instrumentalizadora deste processo dialético de teoria/prática, a extensão é um trabalho interdisciplinar que favorece a visão integrada do social. (FORPROEX, 1987)

Articulada ao Ensino e à Pesquisa, a Extensão configura-se como dimensão formativa que, por conseguinte, corrobora com a formação cidadã e integral dos estudantes. Pautada na interdisciplinaridade, na interprofissionalidade, no protagonismo estudantil e no envolvimento ativo da comunidade externa, a Extensão propicia um espaço privilegiado de vivências e de trocas de experiências e saberes, promovendo a reflexão crítica dos envolvidos e impulsionando o desenvolvimento socioeconômico, equitativo e sustentável. Além disso, é uma ponte para diálogos e articulações com instituições públicas e privadas, movimentos sociais, mundo do trabalho, arranjos produtivos sociais e locais, proporcionando e impulsionando o desenvolvimento socioeconômico, tecnológico, científico e cultural na sociedade.

As áreas temáticas da Extensão perpassam por diversas discussões que emergem na contemporaneidade e refletem seu caráter interdisciplinar, contemplando:

 

Atualmente, a Portaria nº 2.968/15 regulamenta as ações de extensão no IFSP.

 

Atividades de Extensão

Atividades de Extensão

As ações de extensão podem ser caracterizadas como programa, projeto, curso de extensão, evento e prestação de serviço. Todas devem ser desenvolvidas com a comunidade externa e participação, com protagonismo, de estudantes. Além das ações, a Extensão é responsável por atividades que dialogam com o mundo do trabalho como o estágio e o acompanhamento de egressos. Desse modo, a Extensão contribui para a democratização de debates e da produção de conhecimentos amplos e plurais no âmbito da educação profissional, pública e estatal.

Saiba mais sobre cada atividade de extensão, de acordo com a Portaria nº 2.968/2015:

 

PROGRAMA

É o conjunto articulado de projetos e outras ações de extensão (cursos, eventos e prestação de serviços), com caráter orgânico-institucional, clareza de diretrizes e orientação para um objetivo comum, sendo executado a médio ou longo prazo, integrando ações de extensão, pesquisa e ensino.
O programa deve ser elaborado e executado em articulação entre docentes, técnicos-administrativos, discentes e membros da comunidade externa.

 

PROJETO

É o conjunto de atividades interdisciplinares de caráter educativo, tecnológico, artístico, científico, social e cultural, desenvolvido e aplicado na interação com a comunidade interna e externa, preferencialmente por uma multidisciplinar. Tem objetivos específicos e prazos determinados, visando à interação transformadora entre a comunidade acadêmica e a sociedade, tratando-se de ação processual.

 

PROGRAMA X PROJETO X ROTINAS

É comum que haja confusão ao se conceituar projetos e programas, pois ambos têm algumas características comuns como, por exemplo, serem resultado de planejamento e preverem mudanças da realidade.
Além disso, ambos possuem como especificidade a participação da comunidade externa, propiciando uma relação dialógica e criando espaços de construções e de vivências transformadoras. Assim, corroboram com a formação cidadã emancipadora, contextualizando e conscientizando a comunidade acadêmica e seu entorno.
Entretanto, a diferença entre as duas ações se relaciona a sua complexidade.
O escopo do programa é mais abrangente, sendo necessário o desenvolvimento e articulação de vários projetos para que o objetivo seja plenamente atingido. Assim, o objetivo do programa é superior ao dos projetos separadamente e, sem que haja uma articulação, não é possível alcançá-lo.

Além disso, é essencial entender a diferença entre projetos e atividades de rotina. Enquanto o projeto é planejado e executado especificamente para um fim, possui tempo certo de execução e busca criar um produto, impacto ou serviço, as rotinas administrativas visam a manutenção das atividades da organização, apresentando processos contínuos e repetitivos.

 

EVENTO

Evento de extensão implica na apresentação pública, livre ou direcionada, com envolvimento da comunidade externa, do conhecimento ou produto cultural, artístico, esportivo, científico e tecnológico desenvolvido, conservado ou reconhecido pelo IFSP.

São considerados eventos: ciclo de debates, curso com menos de 8 horas, congresso, encontro, exposição, evento esportivo, festival entre outros.

 

CURSO DE EXTENSÃO

Ação pedagógica de caráter teórico e prático, planejado e organizado de modo sistemático para atender às necessidades da sociedade, visando o desenvolvimento, a atualização e o aperfeiçoamento de conhecimentos. São classificados como:

 Curso Livre de Extensão: cursos com carga horária mínima de 8 horas e máxima de 40 horas.

 Curso de Formação Inicial e Continuada – FIC

o Curso de Formação Inicial

o Curso de Formação Continuada

 

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Ação que implica na prestação de serviços à comunidade em nome do IFSP, que envolva a realização de assessorias e consultorias, emissão de laudos técnicos, análises laboratoriais, palestras entre outros. Vinculadas às áreas de atuação da instituição, respondem às necessidades específicas da sociedade e do mundo do trabalho, priorizando iniciativas de diminuição de desigualdades sociais.

 

Atividades de Extensão

Contato

Em caso de dúvidas, envie e-mail para prx@ifsp.edu.br

Confira as informações completas sobre a extensão em https://www.ifsp.edu.br/pro-reitoria-de-extensao

 

Submissão de projetos e eventos de extensão

Submissão de projetos e eventos de extensão

1. Considerações gerais

  EDITAIS  

Após fazer o login no SUAP, há três formas de acessar os Editais de Extensão:

a) Identificando na página inicial a mensagem de editais disponíveis e clicando no botão;

b) Selecionando no menu lateral:

c) Ainda, é possível acessar diretamente utilizando a função Buscar Item de Menu.

image-1614805769061.png

 

  ACESSANDO O MENU DE SUBMISSÃO  

Para submeter propostas, acesse EXTENSÃO > Atividades de Extensão > Submeter, selecione o edital de seu interesse e clique em Adicionar Projeto. Essa tela apresenta somente os editais com inscrições abertas. Ainda, é possível ter acesso aos anexos relacionados para a submissão.

Recomenda-se a leitura completa do edital e dos anexos antes do início da submissão.

image-1614806987660.png

Os anexos indicados no edital devem ser preenchidos, assinados e carregados durante a submissão da atividade. Sempre que possível, os anexos serão na forma de documentos eletrônicos emitidos pelo próprio SUAP.

Verifique aqui mais informações sobre como gerar documentos eletrônicos.

 

  DICAS  

Além de seguir as orientações apresentadas no formulário de propostas, deve-se considerar as orientações abaixo.

Título

Carga horária

Considerar a carga horária destinada ao desenvolvimento de todas as atividades/ações do projeto.

Exemplo: CH do mês 1

A atividade X prevê ações das 09h às 15h diariamente.

A atividade Y prevê ações das 10h às 18h diariamente.

Total de horas por dia = 9 horas (09h às 18h).

Logo, a carga horária do mês 1 será o produto de: 9 horas por dia, 5 dias por semana, 4 semanas por mês = 180 horas

Beneficiários

Orçamento (Plano de aplicação)

Lembre-se que é necessário elaborar o orçamento do projeto, caso o edital, além de bolsa discente, contemple o fomento de material de consumo, material permanente ou serviço. Para isso, deve-se seguir a Instrução Normativa nº 3/2017 do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, em especial o seu artigo 2º:

Art. 2º A pesquisa de preços será realizada mediante a utilização dos seguintes parâmetros:

I - Painel de Preços, disponível no endereço eletrônico http://paineldeprecos.planejamento.gov.br;

II - Contratações similares de outros entes públicos, em execução ou concluídos nos 180 (cento e oitenta) dias anteriores à datada pesquisa de preços;

III - Pesquisa publicada em mídia especializada, sítios eletrônicos especializados ou de domínio amplo, desde que contenha a data e hora de acesso; ou

IV - Pesquisa com os fornecedores, desde que as datas das pesquisas não se diferenciem em mais de 180 (cento e oitenta) dias.

§1º Os parâmetros previstos nos incisos deste artigo poderão ser utilizados de forma combinada ou não, devendo ser priorizados os previstos nos incisos I e II e demonstrada no processo administrativo a metodologia utilizada para obtenção do preço de referência.

Para pesquisar os preços dos materiais solicitados, utilize o Painel de Preços (http://paineldeprecos.planejamento.gov.br/) e, somente se não encontrar o material que procura, utilize os demais parâmetros.

Lembre-se de respeitar os valores máximos descritos no edital ao qual deseja submeter projetos.

Em caso de dúvidas sobre a natureza de despesa de um determinado material, verifique aqui a sua classificação.

 

  EVENTOS  

A submissão de eventos é semelhante à de projetos. Todavia, por ser uma atividade com menor grau de complexidade, o formulário é mais enxuto e a carga horária dos eventos deve considerar apenas sua EXECUÇÃO. Assim, por meio da leitura das orientações relacionadas à submissão de projetos, é possível submeter um evento.

 

Submissão de projetos e eventos de extensão

2. Informações preliminares e dados do projeto/evento

  PREENCHENDO AS INFORMAÇÕES PRELIMINARES  

O número e descrição do edital já aparecerão preenchidos.

Selecione o campus clicando na barra de rolagem ao lado da caixa indicada e atribua um Título que reflita os objetivos da proposta de projeto.

Em seguida, atribua a quantidade de horas semanais que serão destinadas ao projeto (Carga Horária Semanal). Pode-se utilizar números ou as setas laterais.

image-1614104957873.png

 

  PREENCHENDO OS DADOS DO PROJETO  

Os Dados do Projeto devem estar de acordo com as informações do Edital. É importante a leitura cuidadosa do Edital antes de iniciar o preenchimento da proposta.

a) Início da Execução: selecionar data, considerando os prazos do edital;

b) Término da Execução: selecionar data, considerando os prazos do edital;

c) Foco Tecnológico: escolher entre as opções que constam na barra de rolagem;

image-1614105031264.png

d) Requerer financiamento: Ative a caixa caso o edital permita solicitar bolsas para os estudantes, aquisição de material de consumo, aquisição de equipamentos (permanente) ou contratação de serviços de terceiros (Pessoa Jurídica);

No caso de editais de fomento, a caixa deverá estar necessariamente selecionada.

image-1614105078072.png

e) O Coordenador Receberá Bolsa?: só ativar esta caixa no caso de constar no Edital esta possibilidade;

f) Possui Cunho Social: ativar esta caixa no caso do projeto prever ações inclusivas e de tecnologias sociais, preferencialmente, para populações e comunidades em situação de risco, atendendo às áreas temáticas da extensão;

g) Contempla Ações de Empreendedorismo, Cooperativismo ou Economia Solidária Criativa: ativar esta caixa caso o projeto contemple as ações descritas;

h) Área do Conhecimento: escolher entre as opções que constam na barra de rolagem;

image-1614105128493.png

i) Área Temática: escolher entre as opções que constam na barra de rolagem;

image-1614105149211.png

j) Tema: escolher entre as opções que constam na barra de rolagem;

image-1614105164596.png

 

Para prevenir perda de dados, você pode salvar seu progresso até o momento clicando em salvar ao final desta página. Para salvar, é necessário que todos os campos estejam preenchidos. Por isso, caso não tenha informações suficientes para preencher todo o formulário, deve-se preencher todos os campos de forma provisória.

 

image-1614105177314.png

 

 

 

Submissão de projetos e eventos de extensão

3. Descrição do projeto/evento

Nesta plataforma (SUAP) é possível formatar as informações inseridas, utilizar-se de elementos gráficos e tabelas da mesma forma como é feito em um software de edição de textos. É necessário preencher todos campos marcados com asterisco (*), que são obrigatórios, mas lembre-se que os outros campos auxiliarão na avaliação da proposta.

image-1614105219349.png

a) Resumo do Projeto

b) Justificativa

c) Fundamentação Teórica

d) Objetivo Geral

e) Metodologia da execução do projeto

f) Acompanhamento e avaliação do projeto durante a execução

g) Disseminação dos Resultados:

  1. Definição do que será objeto de divulgação (metodologias, técnicas, experiências);
  2. Definição dos produtos por meio dos quais será feita a divulgação (livros, artigos para revistas/jornais, vídeos, seminários, propriedades piloto);
  3. Definição das atividades de divulgação (palestras, reuniões);
  4. Definição da abrangência da divulgação (local ou regional);
  5. Definição do público que se pretende atingir (outras populações com características semelhantes às dos beneficiários do projeto, órgãos públicos, setores acadêmicos, organizações não governamentais etc.

h) Referências Bibliográficas

i) Processo de elaboração do projeto

j) Necessidade de equipamentos do Campus

k) Necessidade de espaço físico do Campus

l) Recurso financeiro do Campus

 

Agora você deve salvar seu progresso até o momento clicando em Salvar ao final da página.

 

 

 

Submissão de projetos e eventos de extensão

4. Detalhamento do projeto - Programa e Beneficiários

Após o preenchimento completo dos quadros requisitados na parte inicial e seu salvamento, o sistema apresentará a parte de detalhamento do projeto, contendo seis abas a serem devidamente preenchidas: Programa; Caracterização dos Beneficiários; Equipe; Metas/Atividades; Plano de Aplicação; Plano de Desembolso; Anexos.

Basta clicar nas abas para inserir as informações do detalhamento do projeto.

image-1614105519514.png

 

a) Programa

Esta aba deve ser preenchida somente se houver um programa cadastrado no Suap cujo projeto faça parte dele. Clique no botão Adicionar Programa e selecione o programa disponível, se for o caso.

 

b) Caracterização dos Beneficiários

Deve-se colocar o público-alvo e a quantidade prevista a ser atendida pelo Projeto de Extensão, clicando no botão Adicionar Caracterização dos Beneficiários.

image-1614105571737.png

Ao clicar em Adicionar Caracterização dos Beneficiários será possível escolher entre as opções que constam na barra de rolagem:

image-1614105590803.png

Depois de caracterizar o público-alvo e indicar o quantitativo, clique em salvar para fixar as informações.

Você pode inserir vários públicos-alvo diferentes, com quantitativos diferentes. Repita os passos anteriores caracterizando os públicos-alvo de seu projeto.

A caracterização ficará da seguinte forma:

image-1614105603290.png

 

 

Submissão de projetos e eventos de extensão

5. Detalhamento do projeto - Equipe e Metas/Atividades

c) Equipe

Nesta aba é apresentada a equipe executora do Projeto de Extensão.

Para adicionar servidores, clique em Adicionar Servidor.

image-1614105649067.png

Preencha as informações solicitadas.

Servidores somente poderão ser indicados como bolsistas se a autorização constar expressamente no edital.

Escreva a carga horária semanal a ser dedicada por este membro no item correspondente.

Digite o nome do servidor para que o Suap o registre a partir de seu cadastro. Selecione o participante clicando sobre o seu nome.